Por que a febre, segundo a Reprogramação Biológica, é sempre um ótimo sinal?

feb-3-3

Toda manifestação física daquilo que costumamos chamar de “doença” é precedida de um CHOQUE BIOLÓGICO (DHS), que se trata de um evento dramático, inesperado e vivido sozinho pelo indivíduo. Após esse choque, inicia-se o “ciclo da doença”, basicamente dividido em 2 partes: FASE ATIVA e FASE DE CURA.

A fase ativa do conflito se inicia imediatamente após o choque biológico. Nesse momento podem acontecer 2 situações, a depender do tecido embrionário pelo qual o órgão afetado é formado: ou ocorre proliferação celular (tumor), ou perda celular (necrose ou ulceração).

Em ambos os casos, durante a fase ativa ocorre também uma proliferação de microrganismos (fungos, micobactérias), os quais entrarão em atividade na fase de cura – para decompor o tumor formado na fase ativa ou para recompor o tecido perdido.

A fase de cura se inicia quando a pessoa resolve o conflito e, via de regra, é nessa fase que aparece a maioria dos sintomas, sendo um deles a febre.

Então, quando se inicia a fase de cura, todos aqueles microrganismos começam a agir, o que é diagnosticado muitas vezes como infecção, e isso causa um aumento da temperatura corporal. A intensidade da febre varia de acordo com o órgão afetado e com a intensidade do conflito/choque vivido.

Portanto, para a Reprogramação Biológica, a febre invariavelmente é um sinal de cura, de que um conflito biológico foi resolvido, muitas vezes sem o indivíduo saber disso. O mais indicado, nesse contexto, seria entender o conflito e tomar medidas naturais para diminuir a febre, tais como: banho frio, alimentação leve e rica em proteínas, repouso etc.

Somente quando entendermos como nosso corpo funciona é que poderemos, efetivamente, curá-lo.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: