3ª LEI BIOLÓGICA: SISTEMA ONTOGENÉTICO DAS DOENÇAS COMO UM PROGRAMA BIOLÓGICO

Fotor_149661965593417

Dr. Hamer, após seus estudos e pesquisas, concluiu que todos os processos do corpo podem ser compreendidos a partir do desenvolvimento embrionário. Segundo a embriologia, cada tecido e célula do corpo pertencem a um dos 3 folhetos embrionários e possuem características específicas. O que o Dr. Hamer fez foi perceber que as células de cada folheto embrionário se comportam de maneiras diferentes, e os órgãos e tecidos formados a partir delas seguem o mesmo padrão.

Isso quer dizer que cada órgão e cada tecido é formado a partir de um ou mais folhetos embrionários, e isso é o que vai determinar o que vai acontecer com ele em caso de um conflito (DHS).

Os folhetos embrionários são:

ENDODERMA
Tecido vital, controlado a partir do tronco cerebral. Origina os principais órgãos do corpo, como: alvéolos pulmonares, tireoide, fígado, tubos coletores dos rins, curva maior do estômago, parte inferior do esôfago, pâncreas, intestino etc.
Conflitos relacionados às funções vitais, como alimentação, abrigo, respiração.

MESODERMA
O mesoderma é dividido em dois, sendo uma parte pertencente ao “cérebro antigo” e a outra pertencente ao “cérebro novo”.
Mesoderma antigo: forma as camadas de proteção dos principais órgãos, as glândulas mamárias e a derme profunda. Conflitos de Atentado à Integridade.
Mesoderma novo: forma a parte estrutural do corpo, ou seja, ossos, músculos, tendões, cartilagens, ligamentos, vasos etc. Conflitos de Autodesvalorização.

ECTODERMA
Origina a pele, nervos, ductos e canais excretores, mucosas, órgãos sensoriais etc. Conflitos sociais, de contato e separação, territoriais, motores, conflitos de medo e perigo.

A divisão em CÉREBRO ANTIGO e CÉREBRO NOVO
Essa divisão é de acordo com as funções que os órgãos derivados desempenham. As funções mais arcaicas, mais antigas de nossa existência são controladas pelo cérebro antigo, tais como alimentação, respiração, digestão, proteção, abrigo. Já as funções mais recentes, desempenhadas pelo homem moderno, são controladas pelo cérebro novo, como relacionamentos e julgamentos morais.

Para entender o que acontece com cada órgão, pensamos de acordo com sua origem embrionária, mais especificamente se é controlado pelo cérebro antigo ou pelo cérebro novo. Veja só:

CÉREBRO ANTIGO:
Fase Ativa – Formação de tumor (proliferação celular);
Fase de Cura – Degradação do tumor (perda celular).

CÉREBRO NOVO:
Fase Ativa – Necrose/ulceração (perda celular);
Fase de Cura – Reparação do tecido (proliferação celular).

Portanto, todo crescimento de tecido serve a uma necessidade biológica específica: ou para aumentar a função do órgão, ou para reparar uma anterior perda tecidual.

Quer saber mais ou deseja marcar um atendimento? Curta minha fanpage, inscreva-se em meu canal no YouTube, siga meu blog no WordPress ou entre em contato comigo!

Yuri Alexander – Terapeuta
(45) 99997-0808
(45) 3038-1101 – Unoclin Terapias
terapeutayuri@gmail.com
http://www.terapeutayuri.com
https://www.youtube.com/channel/UC0cCLg880I7ZIdgcRfEpAIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: