OBESIDADE E AUMENTO DE PESO

obesidade

A obesidade, assim como qualquer outro sintoma físico ou doença, é uma alteração biológica causada por um conflito. Isto significa que ninguém engorda porque quer, mas porque seu corpo percebe uma necessidade de que isso aconteça. O que torna o excesso de peso um caso complexo é que existem várias situações que podem fazer uma pessoa engordar, e é necessária uma mudança muito grande na sua percepção e nos seus hábitos.

Dentre essas possíveis causas para um aumento de peso, podemos citar 3 principais:

  • Conflito de autodesvalorização por achar que está muito gordo ou muito magro. Quando a pessoa se vê no espelho ou se pesa, sente-se feia, gorda, e isso gera uma autodesvalorização. A resposta do corpo é aumentar o tecido adiposo como forma de proteção a essa autodesvalorização, criando um ciclo vicioso: autodesvalorização, aumento de peso, mais autodesvalorização, aumento de peso… Além disso, vale pontuar que, em toda a natureza, somente o ser humano passa por esse conflito. Isso porque nenhum animal sente que está acima do peso ou grande demais. Pelo contrário, na natureza um animal grande, gordo, é um animal forte, com muito mais chances de sobreviver do que os menores e mais fracos. Por isso, essa faceta do conflito tem uma origem muito social, pelos padrões de beleza impostos pela mídia e aceitos pela sociedade.
  • Conflito de fome, de falta, que afeta o fígado. Aqui vale qualquer tipo de falta: pode ser falta de comida, água, afeto, carinho, atenção, dinheiro… E também é uma outra questão polêmica, veja: quando uma pessoa que está acima do peso vai ao nutricionista, é comum que lhe sejam “cortados” certos alimentos, geralmente aqueles dos quais a pessoa mais gostava. Nesse conflito, o corpo percebe o sentimento de falta e “armazena” o máximo possível para o futuro, para aumentar as chances de sobrevivência. É só pensar o seguinte: o que você faria se soubesse que os mercados da sua cidade ficarão fechados por um mês? Certamente faria um estoque na sua casa, para que não faltasse nada. Pois é exatamente isso que o corpo pensa nesse caso.
  • Conflito sistêmico familiar onde a pessoa precisa ser grande, maior. Uma dinâmica muito comum no contexto familiar são as inclusões e exclusões, relacionadas à lei do pertencimento. Quando um membro do sistema familiar é excluído, de maneira real ou simbólica, alguém que vier depois vai fazer alguma coisa para incluí-lo, pois o pertencimento nos ensina que todos têm o direito de pertencer. Trata-se de uma dinâmica inconsciente, pois muitas vezes aquele que está no conflito para incluir sequer tem conhecimento a respeito do ancestral excluído. Nesse contexto, uma das dinâmicas possíveis de inclusão é engordar: a pessoa come por dois, tem o tamanho de dois, como se estivesse fazendo uma inclusão em seu próprio corpo. Além disso, também pode o aumento de peso ter o sentido de fazer a pessoa “ser vista”. Isso pode acontecer nos casos em que há um padrão de repetição onde nenhuma mulher do sistema familiar olha para um homem, ou seja, os homens não são vistos. Inconscientemente, a pessoa se torna maior nessa tentativa de que olhem para ela, de que agora possa ser enfim notada pelos outros.

Outro fato importante é que um aumento de peso significativo ocorre quando, junto com um desses conflitos, há um conflito dos túbulos coletores renais, causando retenção de líquidos pelo corpo. Quando esse conflito está presente, todos os outros se agravam e não podem ver seu processo de cura concluído, devido ao fato de o indivíduo estar cada vez mais cheio de água.

E, é importante salientar, a alimentação também tem um papel muito importante no processo de manutenção do peso corporal, da saúde e da qualidade do metabolismo, assim como exercícios físicos regulares. Porém, somente a alimentação, sem a presença de qualquer dos conflitos enumerados, não influencia no peso de uma pessoa ao ponto de deixá-la próxima da obesidade. E eu aposto que você já ouviu alguém contando que faz uma porção de exercícios intensos, e mesmo assim não emagrece…

Deseja saber mais ou marcar um atendimento? Entre em contato comigo, curta minha fanpage no facebook, inscreva-se em meu canal no YouTube e siga meu blog no WordPress!

Yuri Alexander – Terapeuta
(45) 99997-0808
(45) 3038-1101 – Unoclin Terapias
terapeutayuri@gmail.com
http://www.terapeutayuri.com
https://www.youtube.com/channel/UC0cCLg880I7ZIdgcRfEpAIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: