SOBRE O LUTO

Uma coisa comum de se observar em velórios ou ocasiões em que alguém perdeu uma pessoa amada, é a incapacidade das pessoas para lidar com a perda, a tristeza, o luto, a dor do outro. O que todos dizem é “Você precisa ser forte”, “Fulano estava sofrendo”, “Não fique triste”, “Aguente firme”, dentre outras frases proferidas no piloto automático. Ou ainda, em casos mais extremos de desespero (não por quem está sofrendo, mas por quem está em  volta), entopem a viúva, a mãe, o filho, o neto, com remédios calmantes, tirando-lhes um momento único e importante de despedida, o que geralmente causa danos emocionais por toda uma vida…

O luto é um momento que deve ser vivido, sentido, chorado, gritado, esperneado, e tudo o mais que a pessoa que sofreu a perda achar necessário. Se quiser quebrar copos, quebre… se quiser xingar aos quatro cantos, xingue… se quiser chutar uma cadeira, chute… Quando uma pessoa tem o seu momento de luto reprimido, pode ser que passe o resto da vida em luto.

A única coisa que você tem o direito (e talvez o dever) de dar a uma pessoa em luto, é o seu olhar silencioso e acolhedor, seu abraço e seu ombro. Nada de frases prontas… nada de tentativas para acalmá-la… nada de remédios tranquilizantes!! Apenas esteja presente e suporte a dor do outro, dê suporte à sua emoção e, se achar conveniente, busque um  lenço para que ele vá enxugando as lágrimas, aos poucos, ao seu tempo.

Yuri Alexander – Terapeuta

(45) 9 9997-0808

(45) 3038-1101 – Unoclin Terapias

terapeutayuri@gmail.com

http://www.terapeutayuri.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: