DORES NO OMBRO, ESCÁPULA E PARTE SUPERIOR DO ÚMERO

Sempre que alguma parte estrutural do corpo é afetada (músculos, ossos, ligamentos…), isso nos remete a conflitos de AUTODESVALORIZAÇÃO. Basicamente, trata-se de um sentimento de INCAPACIDADE em relação a alguma situação da vida. 

Por exemplo, sentir-se incapaz de realizar um determinado movimento com as pernas, sentir que não está tendo um bom desempenho no trabalho, sentir que não foi bom o suficiente em alguma tarefa específica, sentir-se incapaz de se locomover etc.
No caso da área que chamamos de “COMPLEXO OMBRO” (ombro, escápula e parte superior do úmero), temos um conflito de autodesvalorização com sentimento de CULPA. Por exemplo, o sentimento de não ter sido um bom pai, um bom filho, um bom marido, um bom profissional… 
As dores geralmente surgem na fase de cura, quando o conflito já foi resolvido, e o que determina o tecido afetado, se músculos, ossos, vasos, tendões, é a gravidade do conflito vivido. Sempre que o conflito afetar ossos ou sangue teremos uma autodesvalorização GRAVE. As demais estruturas remetem a conflitos mais leves. 
Se essas informações fizeram sentido para você, entre em contato comigo e marque um atendimento. Lembro que a Reprogramação Biológica é uma abordagem terapêutica de informação, cujo objetivo principal e mostrar ao cliente novas possibilidades sobre seu corpo e seus processos biológicos naturais.
Yuri Alexander – Terapeuta

(45) 9 9997-0808

(45) 3038-1101 – Unoclin Terapias

terapeutayuri@gmail.com

http://www.terapeutayuri.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: