O Ego e nossa criança interior

​Quando brigamos, usamos predominantemente o cérebro reptiliano, instintivo e reativo. Julgamos a atitude e o comportamento da outra pessoa e permitimos que a voz do ego fale mais alto.
No momento em que deixamos o ego vencer, é como se entregássemos o comando da nossa vida e da nossa felicidade nas mãos de outra pessoa. Não ouvimos nossa alma, nosso ser mais profundo, nossa essência humana. 
O ego é como uma criança mimada que acredita que tudo tem que acontecer do seu jeito e ao seu tempo. Perdemos nossa capacidade de nos colocar no lugar do outro e de ouvir nossa consciência. Magoamos e nos deixamos magoar.
E enquanto tentarmos excluir e esquecer o que nossa criança está sentindo, enquanto ignorarmos o que ela tenta nos dizer e mostrar, continuaremos agindo como uma criança ferida e encontrando outras crianças feridas para nos relacionarmos.
A única solução é abraçar essa criança, acolhê-la e concordar que ela esteja ali. É integrá-la e se tornar um com ela. É ouvir seus anseios e permiti-la ocupar seu lugar. Só aí nos tornaremos adultos de verdade, com a maturidade que só vem quando curamos a criança ferida que existe em nós. 
Yuri Alexander – Terapeuta

(45) 9 9997-0808

(45) 3038-1101 – Unoclin Terapias

terapeutayuri@gmail.com

http://www.terapeutayuri.com

YouTube: Terapeuta Yuri Alexander

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: